duminică, februarie 05, 2006

"Novas regras sobre eficiência energética dos edifícios podem revolucionar sector" em Portugal

Como relata a jornalista Ana Fernandes na edição de hoje do Público, "O que é que uma simples cortina de tule pendurada numa janela tem a ver com a conta de electricidade no final do mês? Muita coisa, pois pode contribuir para um maior ou menor consumo de energia em aquecedores. Questões como esta passarão a ter de ser equacionadas pelos empreiteiros e utilizadores das casas, segundo o pacote legislativo aprovado recentemente pelo Governo com o objectivo de reduzir a factura energética do país e que promete uma revolução no sector da construção.
Num futuro próximo, um comprador ou inquilino de uma casa vai poder escolher entre a oferta existente no mercado levando em linha de conta o que a nova habitação o vai obrigar a gastar em energia. Já é assim que escolhe o automóvel, será assim que vai escolher a casa." (A hiperligação foi acrescentada)
Considerando o respectivo interesse didático, este texto foi transcrito para o De lege agraria nova extensa.

Niciun comentariu: