duminică, februarie 12, 2006

"Aftosa provoca sacrifício de mais de 240 bovinos na Argentina"

"Mais de 240 bovinos foram sacrificados e outros 500 estão em observação na Argentina devido ao surgimento de um foco de febre aftosa no noroeste do país, que restringiu a exportação de carne para nove nações.
O Senasa (Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar) informou neste sábado, em comunicado, que 246 animais foram sacrificados por apresentarem sinais da doença ou por manterem contato com aqueles que contraíram o vírus.
As autoridades sanitárias indicaram que os 'rifles sanitários', como são conhecidos os sacrifícios dos animais, continuarão no final de semana com o objetivo de 'evitar a expansão do vírus'.
Até o momento, nove países restringiram a entrada de carne bovina da Argentina, segundo porta-vozes do serviço de saúde.
As restrições são absolutas por parte de Brasil, Chile, Israel, Equador e África do Sul, enquanto Colômbia, Uruguai e Cingapura permitirão apenas a importação da região sul da Argentina, que tem o status de zona livre de aftosa sem vacinação.
O governo argentino investiga as causas da aparição da doença e não exclui a possibilidade de a mesma ter sido provocada pelo contrabando de gado contendo contaminado.
Quanto aos prejuízos que serão provocados pelo foco, Dardo Chiesa, dirigente da Carbap (Confederação de Associações Rurais de Buenos Aires e La Pampa), considerou que 'um cálculo adiantado' leva a pensar que este ano podem chegar a US$ 700 milhões."
Fonte:
Folha Online.

Niciun comentariu: