sâmbătă, ianuarie 28, 2006

"Lula culpa Justiça por atraso na reforma agrária"

"No Assentamento Nossa Senhora Aparecida, em Castilho – a 680 quilômetros de São Paulo –, diante do vermelho das faixas do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra) e dos trabalhadores do campo que sonham com um pedaço de terra, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva jogou nesta sexta nos ombros da Justiça uma parcela de responsabilidade pelos desvios e pela lentidão da reforma agrária."
Leia mais em Diário do Grande ABC.