luni, ianuarie 16, 2006

"Azeite: Cooperativa Foz Côa diz que nova legislação beneficia embaladores"

Como refere o AgroNotícias, "O director da Cooperativa de Olivicultores de Vila Nova de Foz Côa considera que a nova legislação que obriga a servir azeite em embalagens invioláveis nos restaurantes beneficia os embaladores e não garante a qualidade do produto.
Na quarta-feira entrou em vigor a portaria que obriga as mesas dos restaurantes portugueses a substituir os tradicionais galheteiros por embalagens descartáveis de azeite.
'Esta nova legislação sobre o azeite, imposta pela União Europeia, é tendenciosa e proteccionista para os países não produtores de azeite que, assim, poderão fazer misturas de outros óleos com o azeite adulterando a genuinidade e tipicidade de um produto de qualidade que faz parte da dieta saudável dos países mediterrânicos em que se inclui Portugal', defende Fernando Azevedo, em declarações à agência Lusa. Esta é 'uma medida lesiva sobretudo para os pequenos produtores, vindo só a beneficiar embaladores e grandes grupos', acrescenta." (As hiperligações foram acrescentadas)
Este artigo está acessível em texto integral.

Niciun comentariu: