miercuri, octombrie 19, 2005

Em Portugal, "Sector vitivinícola contra reforma do Governo"

Nos termos de um artigo da jornalista Ilídia Pinto, publicado na edição de hoje do Diário de Notícias, "A polémica está instalada no sector vitivinícola. Após meses de tentativas goradas para que o secretário de Estado adjunto e das Pescas, Luís Vieira, recebesse as associações, estas passaram ao ataque e recorreram directamente ao ministro da Agricultura. Acibev e Anceve, representantes dos comerciantes, industriais e exportadores de vinhos e bebidas espirituosas, escreveram ontem a Jaime Lopes Silva pedindo-lhe uma audiência para obter explicações sobre a reforma institucional. Hoje, todas as associações que têm assento no conselho consultivo do Instituto da Vinha e do Vinho (IVV) reúnem-se à margem deste órgão, no Largo do Carmo, para debater a situação.
O objectivo da audiência, pode-se ler na carta a que o DN teve acesso, é de que dispõem de notícias de que se prepara uma nova reforma institucional 'que vem colocar em causa uma série de princípios consensuais na fileira'. Mais, opta por 'soluções estranhas', como a 'multiplicidade de entidades certificadoras, sem que estas se submetam a requisitos de qualidade', a diminuição de autonomia das regiões e o esvaziamento das competências das comissões vitinícolas regionais (CVR)'." (As hiperligações foram acrescentadas)
Este texto está disponível na íntegra, assim comum um outro complementar e intitulado "'Fusão na fiscalização esvazia IVV de funções essenciais'".

Un comentariu:

Roberto Iza Valdes spunea...
Acest comentariu a fost eliminat de administratorul blogului.