miercuri, octombrie 19, 2005

"Bandeira Azul: Quatro praias sem água de qualidade", em Portugal

O Diário de Notícias de hoje dá conta que "Das 191 praias galardoadas com a Bandeira Azul este ano, quatro perderam a distinção por má qualidade da água. De acordo com dados ontem revelados pela Associação da Bandeira Azul da Europa (ABAE), testes às águas das praias de Vilamoura, Vila Praia de Âncora (Caminha), Frente Azul e Quinta do Alamal revelaram durante a época balnear má qualidade da água. A mesma associação explicou ainda que outras 14 praias não chegaram sequer a ter a bandeira hasteada, devido a construções clandestinas nos concessionários, obras diversas e ausência de nadadores-salvadores.
Num balanço da campanha de atribuição de bandeiras azuis, a vice-presidente da Associação Bandeira Azul, Maria Teresa Goulão, sublinhou que juntamente com a falta de qualidade da água, outros dos graves problemas detectados em muitas praias foi o estacionamento caótico, degradação e falta de limpeza dos sanitários, ausência de nadadores-salvadores e limpeza insuficiente dos areais.
Em 2006, Teresa Goulão quer retomar o projecto-piloto sobre a qualidade das areias. 'A ABAE liderou e financiou em 2001 e 2002 um projecto sobre a qualidade das areias nas praias, considerando que estas são uma fonte de contágio apesar de não existir legislação comunitária sobre o assunto e em 2006 queremos retomar o projecto', disse. Por isso, no próximo ano, a ABAE vai iniciar um projecto-piloto sobre a monitorização da qualidade das areias. O objectivo é que a partir de 2007 a qualidade das areias seja um dos critérios para a atribuição da bandeira." (A hiperligação foi acrescentada)

Niciun comentariu: