sâmbătă, octombrie 29, 2005

Camex discute impactos da febre aftosa (Brasil)

BRASÍLIA, 27 de outubro de 2005 - A Câmara de Comércio Exterior (Camex) discutirá em sua reunião de hoje, entre outros assunto, o impacto da febre aftosa sobre as exportações brasileiras. Os pedidos de salvaguardas contra a China feito por alguns setores também estão na pauta da reunião. Além de Colômbia e Romênia, que confirmaram ontem seus embargos, os seguintes países também anunciaram restrições comerciais às carnes brasileiras: África do Sul, Argentina, Bolívia, Chile, Cingapura, Cuba, Egito, Indonésia, Israel, Moçambique, Namíbia, Noruega, Paraguai, Peru, Rússia, Suíça Ucrânia, União Européia - 25 países - e Uruguai.
Participam da reunião os ministros da Fazenda, Antônio Palocci; das Relações Exteriores, Celso Amorim; do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan; do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo; e do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto. (Fonte: Investnews)

Niciun comentariu: