miercuri, martie 22, 2006

"Papel e cartão lideram na reciclagem" em Portugal

Como noticia o PortugalDiário, "Cerca de 348 mil toneladas de embalagens foram enviadas para reciclagem em 2005 pela Sociedade Ponto Verde (SPV), entre vidro, papel/cartão e plástico, mais 18 por cento do que no ano anterior, anunciou hoje a entidade gestora, revela a agência Lusa.
Partindo da quantidade de embalagens colocadas no mercado, que são declaradas à SPV, e que em 2005 totalizaram as 902 mil toneladas, o director-geral da Sociedade anunciou uma taxa de reciclagem de 35 por cento no ano passado. 'Ultrapassámos em dez por cento a obrigação de reciclar 25 por cento do total das embalagens declaradas pelas empresas embaladoras', afirmou Luís Veiga Martins.
Apesar dos 'bons resultados', este responsável estimou que existe ainda meia tonelada de embalagens que não é declarada à SPV, embora 'muitas usem o símbolo de Ponto Verde'. 'É uma ilegalidade que temos de combater. Faz parte dos nossos objectivos até 2011 um maior controlo e actuação', adiantou.
Por materiais, o papel/cartão voltou a ser, no ano passado, o mais recolhido para enviar para reciclagem, somando mais de 164 mil toneladas, um aumento de 38 por cento face a 2004. O vidro atingiu quase 121 mil toneladas (mais 14,2 por cento do que em 2004), o plástico 32 mil toneladas (mais 23,4 por cento), o metal quase 25 mil toneladas (mais 66 por cento) e a madeira pouco mais de seis mil toneladas (mais 26 por cento).
Luís Veiga Martins salientou que em todos os materiais a SPV conseguiu cumprir, e em alguns casos ultrapassar, as suas metas de reciclagem. De papel e cartão, foram recicladas 48 por cento das embalagens declaradas à SPV, de vidro 34 por cento, de plástico 20 por cento, de metal 31 por cento e de madeira 15 por cento." (A hiperligação foi acrescentada)

Niciun comentariu: