vineri, martie 10, 2006

"Energias Renováveis: Autarquias reclamam menos burocracia nos licenciamentos"

Segundo o Diário Económico, "A Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) reivindicou hoje maior rapidez no licenciamento de parques eólicos, apontando a morosidade burocrática como o principal entrave ao desenvolvimento das energias renováveis.
De acordo com a ANMP, em 2002, a média de morosidade para a entrada em funcionamento de um parque eólico em Portugal foi de seis anos, devido, sobretudo, a questões ambientais.
Destaca ainda que só o processo de reconhecimento público a que alguns projectos estão sujeitos chega a demorar mais de dois anos.
Os municípios querem menos burocracia no licenciamento e chamaram hoje o especialista em matéria de ambiente Carlos Pimenta para discutirem o problema, numa reunião do conselho directivo da ANMP, que decorrer em Bragança." (A hiperligação foi acrescentada)
Esta notícia está acessível em texto integral.

Niciun comentariu: