miercuri, noiembrie 02, 2005

"Zimbabué: Vice-ministro da Agricultura critica severamente os novos agricultores"

O AgroNotícias dá conta que "Um membro do Governo do Zimbabué criticou severamente os novos empresários agrícolas negros que beneficiaram da reforma agrária iniciada em 2000, atribuindo a actual escassez alimentar à sua falta de compromisso, refere hoje o diário estatal The Herald.
'Temos algumas pessoas que se dedicam realmente à produção, enquanto que muitas outras nada fazem nas suas explorações agrícolas', disse o vice-ministro da Agricultura, Sylvester Nguni, citado pelo jornal. 'O problema é que demos terras a pessoas que diziam querer dedicar-se à agricultura e o que agora acontece é que a produção agrícola está em queda ano após ano', lamentou o governante.
Sylvester Nguni acrescentou que embora a actual seca contribua para a diminuição das colheitas, 'a maior decepção advém das pessoas que obtiveram terras sem ter a mínima ideia do que é a agricultura, e o resultado foi um declínio da produção agrícola'.
A reforma agrária no Zimbabué, que se traduziu por expulsões, por vezes com violência, de cerca de 4.000 empresários agrícolas brancos, foi lançada em 2000 pelo Governo do presidente Robert Mugabe e trouxe como consequência a ruína do sector agrícola."
Este artigo está acessível em texto integral.

2 comentarii:

Silver Fox spunea...

Hey, you have a great blog here! I'm definitely going to bookmark you!

I will pay $10 - $50 hour to work at home using your computer. No boss, set your own hours, easy work, start making money today!

Come and check it out if you get time :-)

Roberto Iza Valdes spunea...

http://stores.ebay.com/Roberto-Iza-valdes_W0QQsspagenameZMEQ3aFQ3aSTQQtZkm