marți, mai 09, 2006

"Tóquio diz que negociações da OMC terão de ser concluídas até Julho"

O Diário Económico noticia que "As negociações na Organização Mundial do Comércio (OMC) terão de chegar a um resultado antes do final de Julho ou nunca, afirmou hoje o ministro da Agricultura do Japão, Soichi Nakagawa. 'Acordamos que os membros da OMC não reverão a data-limite actual', fixada, após vários adiamentos, a 31 de Julho, declarou
Nakagawa ao regressar de Genebra, onde participou a uma série de contactos informais de alto nível, nomeadamente como o director geral da organização Pascal Lamy. 'Para isto, temos de chegar a um acordo político em Junho. Após Julho, as pessoas vão de férias, e em Setembro, haverá eleições em vários países', prosseguiu o ministro. 'Se não conseguirmos chegar a um acordo global, o ciclo de Doha será posto no frigorífico, para citar uma expressão de Lamy, e a credibilidade da OMC reduzida a nada', acrescentou.
A OMC lançou em Novembro de 2001 um ciclo de negociações multilaterais dito de Doha, na capital do Qatar. O ciclo deve em princípio ficar concluído no final do ano, com dois anos de atraso sobre o calendário inicial, mas as grandes linhas de um acordo deviam ter sido aceites até o 30 de Abril para viabilizar este prazo. Os 149 países membros da OMC não chegaram no entanto a respeitar a data limite do 30 de Abril, que se tinham fixado para decidir uma redução dos direitos alfandegários aplicados aos produtos agrícolas e industriais." (As hiperligações foram acrescentadas)

Niciun comentariu: