marți, mai 02, 2006

"Governo acaba em definitivo com 'electricidade verde'"

De acordo com um artigo do jornalista Mário Baptista, publicado no Diário Económico de hoje, "O Ministério da Agricultura prepara-se para anunciar, esta semana, que o subsídio dado aos agricultores conhecido como 'electricidade verde', vai acabar, apurou o Diário Económico. O relatório que vai apresentar os argumentos para terminar com esta ajuda de 22 milhões de euros por ano aos agricultores portugueses está já no gabinete do ministro da Agricultura e aponta duas razões para acabar com o subsídio: por um lado, o elevado número de fraudes e irregularidades (a amostragem encomendada pelo Ministério aponta para uma taxa de ilegalidades de 45%) e, por outro, as preocupações de Bruxelas, que já enviou ao ministro um pedido formal de esclarecimentos sobre esta ajuda financeira, exclusivamente nacional, dada aos agricultores.
Em declarações ao DE, Jaime Silva não confirma oficialmente que este subsídio vai acabar mas, à semelhança do que fez na semana passada no Parlamento, vai preparando o terreno: 'Há sete mil agricultores que receberam 50 euros por ano, e há 900 agricultores a receberem 10 euros por ano'. Por outro lado, Jaime Silva argumenta que há 16 mil beneficiários a receberem 500 euros anualmente. É com base nestes números que o Governo, no mesmo inquérito, pediu também um estudo de eficácia económica desta medida. E é tendo estes dados como alicerce que o ministro vai tornar público, esta semana, o relatório que recomenda o fim da atribuição deste subsídio."
Este texto está acessível na íntegra.

Niciun comentariu: