duminică, decembrie 17, 2006

"UE / Vinho: Arranque de vinha previsto no reforma do sector é voluntário"

De acordo com o AgroNotícias, "Peso da Régua, 16 Dez - O arranque de vinha previsto na reforma do sector do vinho Europeu, cujo documento final será discutido durante a presidência portuguesa no segundo semestre de 2007, é voluntário, garantiu hoje, na Régua, uma representante da Comissão Europeia. Alexandra Catalão, que integra a Comissão Europeia, apresentou as principais linhas da reforma da Organização Comum de Mercado (OCM) do vinho no decorrer do congresso 'As Denominações de Origem Históricas no Panorama Vitivinícola Mundial', que se realizou entre sexta-feira e hoje na Régua.
A Comissão Europeia apresentou a 22 de Junho um projecto inicial sobre a futura reforma do sector do vinho que prevê a destruição de 400 mil hectares d e vinha na União Europeia e a diminuição das ajudas ao sector sob o argumento da necessidade de se produzir 'menos e melhor' vinho.
O Parlamento Europeu dará um parecer sobre esta reforma em Fevereiro e, o documento final, deverá ser discutido já durante a presidência portuguesa da União Europeia, no segundo semestre de 2007.
Segundo Alexandra Catalão, a entrada em vigor desta reforma deverá ocorrer entre 2008 e 2009."
Este artigo está acessível em texto integral.

Niciun comentariu: