luni, decembrie 11, 2006

Em Portugal, "Floresta: Planos municipais contra incêndios"

Nos termos de um artigo de um artigo da jornalista Raquel Oliveira, publicado na edição de hoje do Correio da Manhã, "Os municípios que não entregarem até ao final do ano os planos de prevenção de incêndios florestais incorrem em coimas que poderão atingir os 80 mil euros, apurou o Correio da Manhã junto de fonte do Ministério da Agricultura. Os faltosos perdem ainda acesso aos fundos de apoio à floresta.
Neste momento, a 21 dias de terminar o prazo para a entrega dos planos municipais, apenas 56 por cento das câmaras cumpriu esta obrigação legal que visa proteger a floresta de incêndios.
De acordo com dados do Ministério da Agricultura, os autarcas já estão a beneficiar de um alargamento, uma vez que o prazo para a entrega dos documentos terminava a 30 de Novembro.
"
Este texto está acessível na íntegra.

Niciun comentariu: