duminică, decembrie 24, 2006

Em Portugal, "Consumidores desconfiam da qualidade do que comem"

Como dá conta um artigo de Helena Paulino, publicado no Jornal de Notícias de hoje, "Os portugueses são dos europeus que menos confiam na qualidade dos produtos que comem, segundo o estudo Trust in Food (Confiança nos alimentos) , financiado pela União Europeia. Pedro Graça, professor da Faculdade de Ciências da Nutrição no Porto e coordenador português do projecto que incidiu em seis países europeus (Itália, Reino Unido, Noruega, Dinamarca e Alemanha), justifica os resultados de 2004 mas ainda aplicáveis, com a 'pouca confiança depositada nas autoridades competentes'. E sublinha 'Apenas seis por cento dos inquiridos acreditam que as instituições governamentais dizem toda a verdade'.
Carlos Agrela Pinheiro, Director-Geral de Veterinária admite 'a inexistência de um órgão que transmita informação esclarecedora aos meios de comunicação social, para que as populações sejam devidamente informadas, de modo a evitar este tipo de alarmismos', mesmo no próprio organismo que dirige. Pedro Graça concorda e acrescenta que 'depois do aparecimento destas doenças, a indústria alimentar passou a ser vista como pouco credível'." (As hiperligações foram acrescentadas)
Este texto está acessível na íntegra.

Niciun comentariu: