duminică, martie 25, 2007

"Inspecção destrói mais de 62 toneladas de produtos impróprios para consumo"

O AngolaPress noticia que "Sessenta e duas toneladas e 400 quilogramas (62.400 kg) de produtos alimentares impróprios para consumo humano e expirados foram destruídos, em 2006, pela inspecção das actividades comerciais do Ministério do Comércio.
O facto foi anunciado hoje à Angop, em Luanda, pelo inspector geral do comércio, Ramiro Sacupina. O responsável disse que entre os bens encontrados em lojas, através da visitas de rotinas feitas pelos agentes, estavam incluídos perecíveis diversos.
Segundo a fonte, no mesmo período foram apreendidos 28 alvarás falsos na posse de comerciantes e aplicadas multas no valor de oito milhões e 800 mil Kwanzas resultantes das violações à legislação vigente no país.
Entre as infracções cometidas, de acordo com Ramiro Sacupina, constavam a desobediência ao ciclo normal de distribuição alimentar (grossista/retalhista/consumidor) e contrafacção.
O Gabinete de Inspecção das Actividades Comerciais (GIAC) é um órgão de apoio ao Ministério do Comércio e tem como função fundamental a fiscalização e disciplina da prática comercial."

Niciun comentariu: