luni, iulie 10, 2006

Em Portugal, "Regime para os resíduos levanta coro de críticas"

De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, "Os consórcios proprietários dos futuros Centros Integrados de Recuperação, Valorização e Eliminação de Resíduos Perigosos (CIRVER) e os ambientalistas da Quercus defendem que o novo regime geral de resíduos (RGR) retirou àqueles centros a exclusividade do tratamento do lixo das indústrias, mas o Governo recusa esta tese. O ex-secretário de Estado do Ambiente José Eduardo Martins (PSD) junta-se ao coro de críticas.
Os dois consórcios dos CIRVER acham que as regras foram alteradas 'a meio do jogo', mas não pretendem impugnar o concurso que venceram com base em determinados pressupostos. A sua intenção é a de alterar o decreto-lei, por forma a não serem prejudicdos com uma concorrência com a qual não contavam quando se candidataram."
Este artigo está acessível em texto integral.

Niciun comentariu: