luni, septembrie 15, 2008

"Bruxelas propõe novas regras para programas de distribuição de alimentos aos mais pobres"

O Diário Económico adianta que "A Comissão Europeia vai propor na quarta-feira a ampliação dos programas de distribuição de alimentos às pessoas mais pobres da União Europeia (UE), uma medida que visa amenizar os efeitos da subida de preços.
Até agora, os programas europeus de distribuição de alimentos incidem nos excedentes agrícolas não vendidos, que são entregues a organizações encarregues da sua distribuição pelos mais necessitados.
Mas com a reforma da Política Agrícola Comum, a compra de excedentes deixa de ser financiada, situação a que acresce uma escassez no armazenamento de bens alimentares.Assim, Bruxelas quer que os programas de distribuição de alimentos tenham capacidade de se abastecer no mercado, através de uma contribuição financeira directa.
A distribuição gratuita de alimentos aos mais necessitados teve lugar pela primeira vez na sequência de um Inverno excepcionalmente frio em 1986/87, tendo sido fornecidos excedentes agrícolas a várias organizações não-governamentais, que as distribuíram."

Niciun comentariu: