marți, august 21, 2007

"Deputados contribuem para diminuir dióxido de carbono"

De acordo com o Diário de Notícias de hoje, "A Assembleia da República poderá vir a investir em sistemas de captura de carbono por reflorestação para compensar as emissões de gases com efeito de estufa a partir das suas instalações.
Segundo uma resolução ontem publicada em Diário da República, que estabelece a eficiência energética e a redução progressiva das emissões de gases com efeito de estufa (em especial de dióxido de carbono) como orientação para o funcionamento do Parlamento, haverá auditorias periódicas às instalações e ao funcionamento da Assembleia para verificar a adequação das medidas adoptadas e monitorizar a evolução dos resultados.
Os novos critérios vão condicionar a escolha das novas viaturas oficiais e a compra de equipamentos diversos (lâmpadas, aparelhos de ar condicionado, fotocopiadoras, televisões, impressoras), onde o nível de emissão de dióxido de carbono ou os consumos energéticos são mensuráveis. Instalar um sistema de conferências telefónicas e de videoconferência é outra medida a adoptar, assim como a opção por dispositivos de gestão de energia - uma área cada vez mais crítica, tanto ao nível das suas consequências ambientais, a longo prazo, como na competição política entre Estados pela posse e ou acesso às fontes e recursos energéticos tradicionais (petróleo, gás natural, água)." (As hiperligações foram acrescentadas)
Este artigo está acessível em texto integral.

Niciun comentariu: