luni, februarie 16, 2009

"Se o uso da bioenergia aumentar demais — A substituição do petróleo pela bioenergia não é isenta de riscos"

A Agência Europeia do Ambiente divulgou hoje um muito interessante artigo, em cujos termos "A bioenergia não é novidade. Durante milénios, as pessoas queimavam lenha. A Revolução Industrial nos meados de 1800 trouxe para a ribalta os chamados 'combustíveis fósseis', principalmente o carvão e o petróleo. No entanto, os combustíveis fósseis estão a tornar-se mais difíceis de encontrar e de extrair, mais caros e sujeitos a um intenso debate político.
A bioenergia está à beira de se tornar um grande negócio. É já a fonte de energia (As energias renováveis incluem as energias do vento, mar, sol, centrais hidroeléctricas, etc.) renovável dominante na Europa e a sua produção provavelmente irá aumentar grandemente nas próximas décadas. Os biocombustíveis têm sido aclamados como uma boa forma de transporte ecológico evitando as dispendiosas importações de petróleo.
Em 2008, o assunto dos biocombustíveis fez muitas manchetes em todo o mundo pelas piores razões, sobretudo pelo aumento do preço dos alimentos. O trabalho da AEA em termos de biocombustíveis é limitado aos prós e contras ambientais. Mesmo aqui existe controvérsia."
Este texto foi, também, distribuído na íntegra nas Línguas Portuguesa e Espanhola.

Niciun comentariu: