joi, februarie 19, 2009

"Ambiente: Comissão formula advertências severas [...] sobre deficiências constatadas em Portugal e em Espanha [...]"

Segundo a Sala de Imprensa da U.E., "A Comissão Europeia enviou a Espanha uma derradeira advertência escrita sobre as medidas de protecção da natureza no aeroporto de Barajas. A Espanha não implementou as medidas complementares previstas para atenuar os efeitos da ampliação do aeroporto até um sítio Natura 2000 que lhe é adjacente. Foram enviadas cartas de advertência separadas a Espanha e a Portugal por não terem adoptado, noutros casos, medidas suficientes de protecção da natureza. Tais casos dizem respeito à ausência de designação de diversas zonas protegidas nas ilhas Canárias, da Madeira e dos Açores, bem como de adopção das medidas de conservação necessárias.
Nas palavras do Membro da Comissão Stavros Dimas, responsável pelo ambiente: 'a Natura 2000 – rede europeia de zonas protegidas – é fundamental em termos da integridade ambiental do nosso continente, integridade essa que, quando ameaçada, deve ser protegida. Quando os sítios são afectados, é necessário adoptar medidas que compensem os eventuais impactos. As ilhas da Madeira, dos Açores e Canárias acolhem inúmeras espécies únicas no mundo e que devem ser preservadas. Lanço por conseguinte um apelo a Espanha e a Portugal no sentido de adoptarem, no mais breve prazo, as medidas necessárias de protecção destas zonas'." (As hiperconexões foram acrescentadas)
Este Comunicado foi também distribuído nas Línguas Portuguesa e Espanhola.

Niciun comentariu: