sâmbătă, iulie 18, 2009

"Insiste-se, apesar de tudo, em matar baleias e tartarugas"

Como denuncia Emmanuel D'Oliveira em A Semana online, em Cabo Verde, "O Decreto-Lei nº 53 de 2005 diz explicitamente que é proibida a captura de tartarugas assim como mamíferos marinhos. Desde 30 de Dezembro do ano 2002, data da publicação de um Decreto Regulamentar que protege as espécies ameaçadas, que não pode haver dúvidas quanto ao extermínio deste ou daquele animal marinho.
A lei se ela existe é para ser cumprida. A pergunta que se faz é: porquê que ainda são caçadas baleias numa boa parte da costa Oeste de Santiago sem que os prevaricadores sejam, uma única vez, abordados, advertidos, sancionados ou o que quer que deva ser feito pelas diferentes instituições com afinidade na matéria?
Os dirigentes políticos não querem ser impopulares, a polícia diz não ter meios, as Câmaras Municipais preferem não interferir em assuntos ligados ao mar, do sector do Ambiente dizem tratar-se de assunto das pescas, os serviços ligados à pesca acham tratar-se da área da fiscalização, o nosso Calcanhar de Aquiles, como adoram desculpar-se."
Este artigo está acessíl em texto integral.

Niciun comentariu: