marți, iulie 15, 2008

"Guiné-Bissau: Governo quer travar abate árvores por chineses"

Como noticia o Diário Digital, "O Governo da Guiné-Bissau anunciou medidas para evitar que madeireiros estrangeiros abatam indiscriminadamente árvores em Tombali, no sul do país, após denúncias de uma associação local, situação que já levou à detenção de seis pessoas, três das quais chinesas.
Segundo Bubacar Djassi, da Associação de Filhos da região de Tombali, os madeireiros chineses estão a proceder ao abate de árvores, nomeadamente 'pau de sangue', cujo nome científico é Pterocarpus erinaceus, em vastas zonas das densas florestas, algumas consideradas habitats naturais de várias espécies de animais.
'É triste o que os chineses estão a fazer às nossas florestas, derrubando árvores de grande porte, sobretudo o 'pau-de-sangue', sem que ninguém das autoridades faça alguma coisa para os obrigar a parar', disse Bubacar Djassi, afirmando que a população está revoltada e que admite 'tomar medidas contra os chineses'.
'Por exemplo, para derrubar uma árvore, os chineses são capazes de desmatar uma vasta área de cultivo ou de repouso dos animais. São centenas de hectares desmatados pelos chineses', afirmou Bubacar Djassi."
Este texto está acessível na íntegra.

Niciun comentariu: