vineri, mai 22, 2009

"Ministério do Ambiente lança guia sobre mamíferos do país"

De acordo com a AngolaPress, "O Ministério do Ambiente lança sexta-feira, dia 22, em Luanda, o primeiro Guia de Campo sobre os Mamíferos de Angola e o livro sobre a Convenção do Regulamento do Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Selvagem Ameçadas de Extinção.
Segundo uma nota da instituição, [...] o lançamento enquadra-se nas comemorações do Dia Mundial da Biodiversidade (22 de Maio) e das actividades do Projecto de Fortalecimento do Processo de Paz Angolano, através da Integração de Ex-Militares em Medidas de Protecção e Gestão de Áreas de Conservação.
O projecto está a ser implementado pela Unidade de Gestão e Coordenação da Biodiversidade do Ministério do Ambiente (MINAMB), em colaboração com o Instituto de Reintegração Social de Ex-Militares (IRSEM).
O mesmo tem como objectivo reforçar e melhorar a gestão e fiscalização das áreas de conservação em Angola, através da formação de recursos humanos e da reintegração de ex-militares no processo de reabilitação e gestão da biodiversidade em Angola.
Para tal, o mesmo conta com a colaboração de vários parceiros incluindo a Fundação Kissama, instituição de utilidade pública que actualmente é responsável pela gestão do Parque Nacional da Kissama, uma das áreas de conservação abrangidas por este projecto. Dentro desta parceria, o MINAMB vai assinar, igualmente sexta-feira com a Televisão Pública de Angola (TPA) um memorando de entendimento.
O evento contará com a participarão da ministra do Ambiente, Fátima Jardim, do embaixador da Alemanha em Angola, dos directores geral da Cooperação Técnica Alemã (GTZ) em Luanda, o Nacional da Biodiversidade do Ministério do Ambiente, do Instituto de Reintegração de Ex-militares (IRSEM), universitários e outros convidados.
No âmbito do programa do Ministério das Relações Exteriores da Alemanha, relacionado com acções na área da Paz e Segurança, a Cooperação Técnica Alemã (GTZ), desenvolveu o Projecto de Fortalecimento do Processo de Paz Angolano através da Integração de Ex-Militares em Medidas de Protecção e Gestão de Áreas de Conservação." (As hiperconexões foram acrescentadas)

Niciun comentariu: