joi, octombrie 09, 2008

"UE: Redução fitossanitários pode encarecer alimentos até 70%"

Segundo o Dinheiro Digital, "As novas regras discutidas na União Europeia para limitar o uso de produtos fitossanitários podem encarecer até 70% os preços de alguns alimentos, segundo um estudo do Centro Europeu para a Investigação Agrícola, Política e Ambiental.
O relatório do EuroCARE, apresentado hoje em Bruxelas pela associação das indústrias fitossanitárias, refere que se seguirem por diante as propostas do parlamento Europeu (PE) para regular o uso de pesticidas, o preço do trigo subiria entre 40 e 70%, enquanto o das batatas aumentaria entre 33 e 58%.
O estudo alude ao projecto da Comissão Europeia (CE) para limitar a utilização de fitossanitários, que deve ser aprovado conjuntamente pelos ministros da UE e pelo PE, que apresentou algumas emendas que estão em discussão. Segundo a mesma fonte, caso sejam aprovadas as modificações propostas pelo PE, os preços das matérias-primas poderão aumentar até 135%. O encarecimento do preço do cereal poderá fazer aumentar o pão em 0,11 euros, o leite em 0,04 euros por litro e o custo médio dos alimentos em 8%, adianta o trabalho da EuroCARE.
egundo um dos representantes do centro europeu, Marcel Adenauer, as restrições que a proposta prevê, unidas à actual situação mundial de falta de matérias-primas, faz supor que um menor uso de produtos fitossanitários fará encarecer o custo dos alimentos para os cidadãos.
Ainda segundo o relatório, a Europa converteu-se num importador de cereais, enquanto os Estados Unidos, México, China e Austrália aumentaram a produção, levando a que a agricultura da União Europeia perca competitividade.
Além disso, os representantes EuroCARE sublinharam que se a UE limitar o uso de fitossanitários, por exemplo nos seus frutos e verduras, sem dar alternativas, corre o risco de um aumento de importações de zonas como a China, onde o controlo de pesticidas é inferior e há mais tolerância." (A hiperligação foi acrescentada)

Niciun comentariu: